Google+ Followers

quinta-feira, outubro 08, 2009

Por um mundo melhor


Pior a emenda que o soneto...
---
Numa altura em que os "stocks" de cereais a nível mundial diminuem drasticamente - provocando um aumento nos preços de bens alimentares -, os programas de auxilio internacional lutam desesperadamente com falta de dinheiro e meios e milhões enfrentam o problema da fome é no mínimo um contracenso os países mais ricos continuarem a insistir na utilização de biocombustíveis e utilizar cereais para a produção de combustível. O preço do álcool no Brasil é um exemplo (embora não seja cereal) vejam o que acontece com o preço do combustível e do açúcar!
O real efeito será que milhões de pessoas - nos países mais pobres - irão enfrentar a fome nos próximos anos. Josette Sheeran, director executivo do UN World Food Programme afirma: «We are seeing food in many places in the world priced at fuel levels, being bought by energy markets for biofuels.»
Nada como continuarmos de olhos cerrados para ver o que por esse mundo fora vamos destruíndo… com as nossas decisões hercúleas de contribuir para um mundo melhor, mais justo e fraterno…
---
BALELAS é o que me apraz dizer…

Um comentário:

Neusa disse...

Não se preocupe! O mundo acabará numa grande plantação de cana e milho, visando apenas o combustível necessário para alimentar a frota rodoviária. A fome humana que se dane!